Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Técnica de Lisboa é a 26.ª universidade com mais alunos Erasmus

por A-24, em 08.05.12
A Universidade Técnica de Lisboa foi, entre as instituições de ensino superior portuguesas, aquela que mais alunos estrangeiros de Erasmus acolheu no ano lectivo 2010/2011. Na lista das 100 universidades europeias mais procuradas pelos universitários interessados numa experiência internacional, a Técnica figura em 26.º lugar.

Na lista divulgada hoje pela Comissão Europeia, para assinalar o 25.º aniversário daquele programa de intercâmbio universitário, seguem-se a Universidade do Porto, em 33.º lugar, seguida pela Universidade de Coimbra (34.º lugar). Uns números abaixo surgem a Universidade Nova de Lisboa (40.º lugar) e a Universidade de Lisboa (60.º). 
Contas feitas, Portugal acolheu na última década 43.599 universitários estrangeiros e “exportou” 48.911 mil estudantes portugueses durante um período que pode variar entre os três e os 12 meses. A estes somam-se os estágios internacionais que levaram à saída de 1553 licenciados e trouxeram para o país 1585. 
Mas o nosso país está muito longe de ser aquele que mais cativa os universitários interessados numa experiência fora de fronteiras. Os três destinos mais populares em 2010/2011 foram a Espanha, a França e o Reino Unido. A Espanha foi também o país que maior número de estudantes mandou para o estrangeiro, seguida da França e da Alemanha. 
No panorama europeu, que soma 33 países, e no último ano lectivo, o programa mobilizou 231.410 estudantes. Nesse ano, a Comissão Europeia gastou 460 milhões de euros num programa cuja bolsa média mensal foi de 250 euros (montante atribuído a cada aluno para cobrir parte das despesas decorrentes de viver no estrangeiro). 
Desde que o Erasmus foi lançado, em 1987, mais de 2,5 milhões de estudantes europeus beneficiaram da oportunidade de ir para o estrangeiro, quer para estudar numa universidade quer para estagiar numa empresa. A Comissão Europeia espera que, em 2012/2013, três milhões de estudantes tenham passado pelo programa.