Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Sobre discos

por A-24, em 03.02.14
Via Top Disco

Colocamos aqui a informação que encontramos mesmo que haja diferenças consoante as fontes consultadas. De qualquer das formas os discos mencionados nas diversas listas acabam por ser os discos que mais se destacaram ao longo dos anos.

Fontes diferentes acabam por indicar valores diferentes mas os discos mais vendidos acabam por ser discos que foram editados entre os anos de 1995 e 1999.

Em qualquer destas listas apenas surgem discos posteriores a 1989 (início da AFP). 

A - JANUS 2003

Álbuns mais vendidos em Portugal (1978-2001)


1991 - Rui Veloso - Mingos e Samurais - 7P (280.000?)
1992 - Bryan Adams - Waking Up The Neighbours - 6P (240.000?)
1997 - Delfins - O Caminho da Felicidade - 6P (240.000)
1998 - Daniela Mercury - Feijão Com Arroz - 6P (240.000)
1999 - Paulo Gonzo - Quase Tudo - 6P (240.000)
1995 - Iran Costa - Álbum Dance - 5P (200.000)
1997 - Delfins - Saber a Mar - 5P (200.000)
1998 - Andrea Bocelli - Romanza - 5P (200.000)
1998 - U2 - Best of 1980-1990 - 5P (200.000)
1999 - Silence 4 - Silence Becomes It - 5P (200.000)

http://www.janusonline.pt/2003/2003_1_4_15.html

Trata-se de uma análise aos discos que obtiveram mais galardões de Platina. No caso de Rui Veloso e Bryan Adams não foi tido em conta de que se tratam de discos duplos.

B - NETPARQUE 2001

É a seguinte a lista dos cinco discos mais vendidos em Portugal, de acordo com números oficiais:

1 - "Feijão Com Arroz" - Daniela Mercury (1996) - 276.000
2 - "O Caminho da Felicidade" - Delfins (1995) - 240.000
3 - "Saber A Mar" - Delfins (1997) - 248.000
4 - "Quase Tudo" - Paulo Gonzo (1997) - 230.000
5 - "Album Dance" - Iran Costa (1995) - 220.000

NetParque, 13/02/2001

Esta lista indica unidades vendidas não se limitando a informar o nº de discos de platina mas é curioso que não aparecem dois dos discos que receberam mais discos de platina: Rui Veloso e Bryan Adams (resultante talvez de serem discos duplos e a atribuição de galardões ser diferente). O disco "Saber A Mar" aparece como tendo vendido 248.000 e em 3º lugar quando o 2º lugar aparece com menos cópias vendidas. Esse erro não deve colocar em causa as posições apresentadas.

C - JORNAL DE NOTÍCIAS 2001

"Feijão Com Arroz" - Daniela Mercury (1996) - 240.000 
"Quase Tudo" - Paulo Gonzo (1997) - 220.000 
"Silence Becomes It" - Silence 4 (1998) - 200.000 
"Romanza" - Ancera Boccelli (1996) - 200.000 
"Mingos & Os Samurais" - Rui Veloso (1990) - 160.000 
"Lara Fabian" - Lara Fabian (2001) - 140.000 

Os números não deixam margens para dúvidas: o disco homónimo de Lara Fabian já vendeu, só em Portugal, cerca de 140 mil exemplares. Mais: há 27 semanas consecutivas que não sai do top de vendas da Associação Fonográfica Portuguesa, ocupando, hoje, a 14.ª posição, depois de diversas semanas a segurar o primeiro posto.

A proeza só é ultrapassada pela ultra-campeã de vendas Daniela Mercury: cerca de 240 mil portugueses compraram o seu «Feijão Com Arroz», um número quase conseguido por Paulo Gonzo com «Quase Tudo» (220 mil). Na lista de proezas de vendas discográficas, algumas posições abaixo, surgem os portugueses Silence 4 (200 mil com «Silence Becomes It»), empatados com o italiano Andrea Bocceli (200 mil com «Romanza), e, depois, Rui Veloso (160 mil com «Mingos & os Samurais»).

Jornal de Notícias, 22/08/2001

D - AGÊNCIA LUSA/JC/AFP 1999

1 - Feijão Com Arroz - Daniela Mercury (1996) - 247.000
2 - O Caminho da Felicidade - Delfins (1995) - 240.000
3 - Quase Tudo - Paulo Gonzo (1997) - 225.000
4 - Album Dance - Iran Costa (1995) - 220.000
5 - Romanza - Andrea Bocelli (1996) - 210.000
6 - Saber A Mar - Delfins (1997) - 201.000
7 - Silence Becomes It - Silence 4 (1998) - 200.000
8 - Tempo - Pedro Abrunhosa (1996) - 185.000
9 - Eu Sou Aquele - Excesso (1997) - 165.000
10 - Netinho Ao Vivo - Netinho (1997) - 160.000

JC, 02/02/1999

Corresponde a uma análise feita no 10º aniversário da AFP. Curiosamente apenas aparecem discos editados entre 1995 e 1998. Na lista dos 10 mais vendidos também não aparece qualquer artista anglo-saxónico conforme salienta Duda Guennes no texto publicado neste blog).

E - PÚBLICO 1995

O «Album Dance», onde se encontra o célebre «O bicho», popularizado durante este Verão pelo brasileiro Iran Costa, foi o disco mais bem sucedido do ano, com vendas superiores a mais de 200 mil cópias (galardão de quintupla platina). 

Desde 1976, ano em que foi formada a Associação Fonográfica Portuguesa, que controla as vendas da indústria discográfica, este número corresponde ao fonograma mais vendido no nosso país. «Album Dance» pulveriza assim os recordes registados anteriormente, batendo as 140 mil unidades de «Mingos e os Samurais», de Rui Veloso, e as 120 mil de «Viagens», de Pedro Abrunhosa e «Waking Up The Neighbours», de Bryan Adams. 

O segundo álbum mais vendido em Portugal este ano foi «Laura», de Laura Pausini, que alcançou a marca das 120 mil cópias vendidas, e logo a seguir, isto é com mais de 80 mil cópias, vieram «Pimba, Pimba» de Emanuel, «Made In Heaven», dos Queen, e a colectânea «Número 1». 

Público, 27/12/1995

F - PÚBLICO 1994

Qual é o álbum mais vendido em Portugal?

«Mingos e os Samurais», de Rui Veloso, com mais de 140.000 cópias, datado de 1990. Segue-se «Waking up the Neighbours», de Bryan Adams, de 1991, com mais de 120 mil exemplares. Da colectânea de êxitos «Número Um», editada pela Sony em 1993, venderam-se mais de 100 mil unidades e «Delicate Sound of Thunder», dos Pink Floyd (1988), teve mais de 80 mil cópias vendidas, o que também foi o caso de «Greatest Hits II», dos Queen, editado em 1991.

Público, 16/04/1994

G - MERCADO/DONA ROSA (JORNAL BLITZ) 1994

Mingos e Samurais - Rui Veloso
Waking Up The Neighbours - Bryan Adams
Nº1 - Vários
Delicate Sound Of Thunder - Pink Floyd
Greatest Hits II - Queen
Lambada - Vários
Simply The Best - Tina Turner
Use Your Illusion II - Guns'N Roses
Greatest Hits II - ABBA

Blitz, 10/05/1994

Correspondem aos mesmos números publicados no jornal Público mas acaba por indicar mais discos.

Muitos dos discos considerados actualmente como os vendidos de sempre em Portugal são posteriores a esta data. Aparecem aqui os discos de Rui Veloso (1990) e Bryan Adams (1991) mas com nºs inferiores. 

Notas:
Há que contar que a atribuição de galardões não significa necessariamente unidades vendidas e o nº de unidades para a obtenção dos galardões foi sendo alterando ao longo do tempo. Nos anos mais recentes é preciso um menor número de unidades vendidas para atingir o disco de platina ou ouro.

Até 2005 o galardão de disco de Platina correspondia a 40.000 cópias. Actualmente há discos com maior número de platinas do que os discos referidos pois bastam 20.000 cópias para atingir esse galardão. 

Há quem refira que as vendas do disco "Mingos & Os Samurais" foram empoladas porque se tratava de um disco duplo e assim as vendas foram contadas por duas vezes ou que pelo menos tiveram influência na atribuição dos galardões. Efectivamente houve um período em que as vendas de discos duplos ou triplos contavam em duplicado ou triplicado para efeitos de obtenção dos galardões. Isso também acontece com o disco de Bryan Adams que em vinil era no formato duplo.

Era habitual existirem mini-cassetes que continham apenas alguns dos temas do álbum. Não temos conhecimento de como era feita a conversão para as unidades vendidas. Poderão haver outros factores para justificar as diferenças.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.