Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

SERÁ VERDADE QUE... O SEXO MELHORA COM A IDADE?

por A-24, em 12.12.10
Pode ser um cliché... mas eu sempre ouvi dizer que o sexo melhora com a idade... e em relação aos homens até se diz que eles são como o Vinho de Porto!

Sim, ok! E em relação às mulheres?
Quem desfruta melhor do sexo? As mulheres dos 20, dos 30, dos 40... ?

Folheando a revista HAPPY deste mês de Janeiro dei de caras com um artigo precisamente sobre este tema que sempre me interessou.
Fui ler os testemunhos colhidos entre várias mulheres da faixa dos 30 e dos 40 e aqui ficam algumas conclusões:

Joana, 32 anos - «Aos 30 anos o sexo é melhor, não que aos 20 não fosse, mas agora este foca-se mais na qualidade do que na quantidade. Agora sabemos o que é preciso para ser intenso e focamo-nos nisso. As mulheres de 30 praticam sexo por elas, quando querem e quando têm vontade. Já não é para conquistar ou para serem desejadas, como confesso que fiz aos 20. Quando era mais nova tinha uma t-shirt a dizer "Sex is like pizza. When it's good, it's really good. When it's bad, it's still pretty good". Acreditem, essa ideia vai desaparecer porque existe bom sexo, e o mau... bem, esse passamos a dispensar.»

Rita, 36 anos - «O sexo muda com a idade porque as nossas exigências também se alteram, ou evoluem, para ser mais exacta. Aos 20 anos estava na fase das descobertas e tudo era bom. Aos 30 anos, as vontades mudam, os desejos também, quanto mais não seja porque já não são uma novidade. A maturidade traz uma certa sabedoria, perdem-se determinados preconceitos e ganham-se outros, mas agora sei o que quero e o que fazer para o tornar especial. Se posso dizer que o sexo aos 30 é melhor que aos 20? Acho que não. É apenas diferente. Percebo quando dizem que aos 30 a mulher atinge uma das melhores fases na vida. O conhecimento do nosso corpo, a maturidade e a confiança tornam-nos mais exigentes com os homens e com os desejos, e isso acaba por influenciar a intensidade e o prazer que retiramos do sexo.»

Paula, 44 anos - «Aos 40 atingi a idade perfeita. Se aos 20 confundia sexo e amor e não aproveitava porque perdia demasiado tempo a pensar nos "e se...", aos 30 também não retirei prazer suficiente porque continuava demasiado obcecada com o trabalho e o meu filho ocupava-me muito tempo. Agora sei o que quero, do que gosto e deixei de ter expectativas irrealistas. Hoje conheço o meu corpo e sei que sou mais exigente porque retiro do sexo o prazer que quero ao invés de achar que é a salvação para a minha relação. Notei algumas diferenças relativamente aos 30 porque sinto muito mais desejo por sexo. perdi a vergonha para uma série de coisas e não me inibo de dizer ao meu marido o que quero e como quero. Confesso que tenho a fasquia mais elevada, mas o bom dos 40 é que acho que nos libertamos de todos os padrões que nos foram impostos durante a vida sobre como deveria ser o sexo.»

Luísa, 47 anos - «Uma coisa que me tenho apercebido ao longo do tempo é que os homens na casa dos 20 e 30 preferem sexo com mulheres mais velhas, e o motivo é muito simples: com elas, cada noite de sexo é uma descoberta. Somos mais maduras, mais ousadas e não temos medo de arriscar porque já pouco temos a perder. Digo-vos mesmo que a mulher atinge o pico sexual aos 40. É uma idade em que atingimos uma maior maturidade relativamente aos homens e surge uma nova redescoberta sexual porque, para fugir à rotina, há que encontrar novas experiências. Hoje em dia, já a sair dos 40, estou mais aberta e disponível para o sexo e a verdade é que se tornou muito melhor.»

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.