Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Seis mitos sobre Israel - Mito 1

por A-24, em 12.03.13
Fiéis à máxima de que «uma mentira mil vezes repetida para por verdade», alguns detractores de Israel têm construído uma narrativa falsa, composta de mitos destinados a ludibriar a opinião pública. Vamos desmontar esses mitos um por um, convidando os leitores a confirmarem as nossas afirmações, e a visitarem o site original que resumiu esta problemática, o «Muro da Verdade».
«Esta é uma reivindicação genocida feita pelos grupos pró-árabes. É genocida porqueoblitera o Estado Judaico. Se Israel é realmente "Palestina ocupada", então não há nenhum estado legítimo judeu no Oriente Médio.
Desde os tempos romanos, quando os filisteus habitaram a região em torno do Jordão (daí o nome "Palestina"), nunca houve uma entidade política - nem uma província ou um Estado- chamado "Palestina" e ninguém o dizia que era até bem depois de os Estados NaçõesUnidas terem criado Israel, em 1948. O terreno em que Israel foi criado pela ONU também foi usado pelas potências coloniais para criar Síria, Iraque, Líbano e Jordânia. Era a terra que tinha pertencido à Turquia por 400 anos. Os turcos não são "palestinos" e não são sequerárabes.
Nunca houve um país árabe chamado "Palestina" ou habitados por "palestinos". Antes da criação da Organização de Libertação da Palestina em 1964, 16 anos após o nascimento deIsrael, nenhuma entidade político árabe foi chamado por esse nome.»

In O Amigo de Israel