Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Radamel Falcao: El Tigre (que marcou sempre nos últimos 9 jogos que disputou) é neste momento (depois de Messi e Ronaldo) o nome da moda no futebol europeu

por A-24, em 26.10.12

Venceu tudo em Portugal, conquistou para sempre os adeptos do FC Porto, mas é o actual momento no Atlético e a projecção que tem no futebol actual que impressiona. Guardiola deu o mote quando rotulou na época passada o colombiano como o melhor jogador de área do Mundo, Falcao juntou a isso golos (quase todos decisivos, principalmente os na final da Liga Europa e Supertaça Europeia), e desde então El Tigre ganhou uma dimensão estratosférica. O avançado é um dos nomes mais falados da actualidade (imprensa inglesa e espanhol dedicam-lhe muito espaço), muitos (várias figuras conceituadas na modalidade) afirmam que deviam ficar no pódio da Bola de Ouro e alguns cometem mesmo a ousadia de o colocar ao nível de Messi e Ronaldo. Algo exagerado, pois em termos gerais está num patamar inferior em relação a nomes como Iniesta, Xavi, Ozil, Robben, como a nível de avançados não é sequer melhor que Aguero, Benzema, Higuain, Ibrahimovic, Dzeko, Van Persie e Rooney. No entanto toda esta visibilidade é sem dúvida notável (ainda para mais quando é praticamente um produto "made in Portugal"). Aliás todo o seu trajecto no futebol europeu é incrível. Na sua primeira época no Porto, alcançou um número de 43 jogos oficiais em todas as competições onde furou por 34 vezes as redes adversárias, vencendo a Supertaça e a Taça de Portugal. 

Na segunda e ultima época ao serviço dos azuis e brancos e comandado por André Villas-Boas, conquistou 4 títulos dos 5 onde participou (a Taça da Liga foi para o Benfica) e embora tivesse marcado menos golos no campeonato, acumulou um devastador numero de golos na Liga Europa que viria a vencer (17 tentos nesta mesmo edição, um record histórico). Rumou ao Atlético de Madrid - muitos foram os que o criticaram, inclusive Pinto da Costa, acusando-o de se ter mudado por dinheiro e refutando que não iria vencer nada no seu novo clube - e deu continuidade ao que tinha feito no Dragão, conquistando títulos e principalmente facturando como nunca. Golos atrás de golos atrás de golos (ficou em terceiro na Liga Espanhola, atrás dos ''extraterrestres'' Messi e Ronaldo e renovou o prémio de melhor marcador na Liga Europa) e conquistou pelo seu novo emblema a Liga Europa (um bis pessoal na competição) e a Supertaça Europeia edição 2012, onde marcou 3 dos 4 golos com que o Atlético de Madrid venceu o Chelsea, clube que tanto desejava contar com os seus serviços. Uma nova época se desenrola e já vai na frente dos marcadores em Espanha (em termos globais conta já com 15 golos esta época, tendo marcado nos últimos 9 jogos que disputou). Tem atingido grandes metas, demonstrado um talento fora do normal em termos de área , não só nos clubes onde passa mas também na sua seleção, onde começa a afirmar-se como mais um grande talento de um país que viu brilhar Carlos Valderrama ou Asprilla. Veremos o que mais irá atingir, e principalmente se irá um dia emprestar a sua finalização num daqueles 10 clubes que se diferenciam de todos os outros pela dimensão que tem (Real, Barça, Milan, Inter, Juventus, Man Utd, Bayern, City, Chelsea e Arsenal). 

Conseguirá conquistar o pichichi? Será Falcao uma referência no Mundial 2014? Por onde passa o futuro de El Tigre? E no que diz respeito aos melhores jogadores da actualidade em que lugar está o colombiano? Será mesmo o melhor avançado da actualidade?

Visão do leitor : Ricardo Fonseca