Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Os oito factos mais curiosos sobre as universidades americanas

por A-24, em 31.08.12

Da alimentação de esquilos a abraços grátis conheça algumas das características mais peculiares de alguns campus nos EUA.


Clube dos Esquilos

Na Universidade do Michigan é habitual ver nas tardes de domingo dezenas de alunos a darem amendoins a esquilos. A atividade não é um ato isolado, mas antes o habitual encontro do Clube dos Esquilos, clube oficialmente reconhecido pela instituição e criado unicamente para alimentar os animais.

Clube da Felicidade

Precisa de um abraço? Na Universidade de Northwestern há um grupo de alunos preocupado em que os colegas estejam sempre alegres, oferecendo chocolate quente, limonada, autocolantes com smileys e, até, abraços. Por vezes faz a diferença.

Observadores de pessoas do campus

Se por acaso estiver a dar um passeio pelos terrenos da Universidade de Minnesota pode sentir que está a ser observado de forma potencialmente assustadora. Mas não há razão para alarme. Trata-se meramente de um grupo reconhecido pela instituição e que pretende tirar conclusões da observação sociológica e psicológica dos colegas.

Dia de Gazeta

Todos os anos no final da Primavera, na Universidade de Clark, escolhe-se um dia ao acaso em que as aulas são interrompidas espontaneamente, e os responsáveis encorajam os estudantes a fazer tudo menos estudar, com o recinto da instituição a transformar-se num parque de diversões.

"Orgo Night"

Há alturas na Universidade de Columbia em que estudar numa das bibliotecas pode revelar-se uma tarefa árdua mas ao mesmo tempo encorajadora. Nos dias que marcam o encerramento dos semestres, a banda oficial marcha pelas salas de estudo e começa a cantar o hino da instituição para tentar dar alguns minutos de animação aos alunos que estudam para os exames.

Correr nu à noite

Na Universidade de Tufts todos os meses de dezembro são marcados pela realização de um evento de corrida que permite apanhar mais ar fresco do que é natural.

Índice de massa corporal como pré-requisito

A polémica instalou-se na Universidade Lincoln quando em 2006 os responsáveis instituíram que os estudantes cuja o índice de massa corporal se encontrasse acima de 30 tinham que completar um curso de educação física. A reação quanto à medida foi de tal modo adversa que a instituição viu-se obrigada a abandonar o requerimento.

Sociedades secretas

Ao mesmo tempo o item mais e menos conhecido desta lista, porque todos sabem que elas existem mas só os seus particularmente seletos membros conhecem o que se passa lá dentro. Porventura a mais famosa será a "Skull & Bones" da Universidade de Yale, da qual fizeram parte muitas figuras conhecidas como George W. Bush ou John Kerry, sem que qualquer membro revele uma vírgula das atividades da organização.

Expresso

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.