Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Os islandeses passaram de bestiais a bestas…

por A-24, em 29.04.13

Na Islândia, confirma-se a estrondosa derrota da esquerda e a vitória do centro-direita com a oposição à adesão à UE a constituir um das principais compromissos dos partidos vencedores. Como de qualquer forma praticamente ninguém em Portugal tinha realmente percebido o que se passou na Islândia, esta interpretação acaba por não surpreender: Islandeses devolvem o poder ao centro-direita
Partidos responsabilizados pelo desastre económico e social do país voltam ao poder em Reiquejavique.
Os sociais-democratas, da chefe do Governo cessante, Johanna Sigurdardottir (que não concorreu e vai deixar a política), tinham apenas 13,5%, segundo uma projecção anterior à divulgação dos resultados finais.
Os dois partidos de centro-direita, que fizeram uma campanha apoiada nas promessas de reduzir a dívida e cortar nos impostos, são eurocépticos e o seu triunfo pode levar a que o processo de candidatura da Islândia à adesão à União Europeia não avance.
(…)
As duas forças do Governo cessante sofreram uma pesada derrota: os sociais-democratas perdem cerca de metade dos deputados e devem ficar com apenas dez eleitos, e o movimento Esquerda-Verdes não deve ir além dos nove.
Johanna Sigurdardottir, que aplicou durante boa parte do seu mandato receitas inspiradas pelo Fundo Monetário Internacional, que emprestou 1,6 mil milhões de euros à Islândia entre 2008 e 2011, declarou-se “muito triste” com o resultado das eleições.
André Azevedo Alves