Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Open dos EUA - Já não falta nenhum Grand Slam a Nadal

por A-24, em 14.09.10
O tenista espanhol Rafael Nadal, n.º 1 mundial, conquistou o seu primeiro Open dos EUA, o único dos quatro torneios do Grand Slam que lhe faltava vencer.
Nadal, que derrotou na final o sérvio Novak Djokovic por 6-4, 5-7, 6-4 e 6-2, arrecadou o nono torneio do Grand Slam da sua carreira e o seu 42.º título.
Aos 24 anos, Nadal torna-se o quarto tenista da era Open (desde 1968) - e sobretudo o mais jovem - a completar o Grand Slam de carreira, depois de Rod Laver, Andre Agassi e Roger Federer (Fred Perry, Don Budge e Roy Emerson também ganharam os quatro títulos mais importantes antes de 1969). Dos quatro, só o australiano Laver venceu as quatro provas no mesmo ano (em 1969).
“É mais do que aquilo que eu podia sonhar, chegar à final era já inacreditável, mas agora ter este troféu...”, disse Nadal, após a vitória.
O espanhol, já vencedor nesta época de Roland Garros e de Wimbledon, torna-se assim também o quarto jogador a conquistar três torneios consecutivos do Grand Slam na era Open (depois de Laver, Pete Sampras e Federer).
“Foi uma grande honra estar de novo na final depois de três anos”, disse Djokovic. “Felicito Rafa pelo seu super torneio. Hoje, ele é o melhor jogador do mundo e merece este título”.
“Espero um dia ter uma nova oportunidade de me bater para conquistar este troféu”, referiu ainda o sérvio, o novo n.º 2 mundial, depois de destronar Federer.
A final entre Nadal e Djokovic, que estava prevista para domingo, foi adiada 24 horas por causa do mau tempo, acabando por decorrer em dois tempos, em virtude de uma interrupção de quase duas horas motivada pela chuva.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.