Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

O país das "redes sociais"

por A-24, em 16.11.12

Na última semana os meios de comunicação social portugueses dedicaram-se a discutir principalmente duas coisas: a revolta que umas declarações banalíssimas de Isabel Jonet gerou na extrema-esquerda e a preparação das manifestações (que afinal foram fraquinhas, para lamento público de alguns jornalistas) contra a visita de Angela Merkel.
A sério, ainda se queixam que cada vez menos pessoas consomem informação paga em Portugal? Para ler/ver essas tretas, já chega levar constantemente com os activistas de sofá/redes sociais. O meu conselho para os media: cresçam. Não sejam preguiçosos e tentem ir para as ruas falar com as pessoas. Não tentem impor as vossas opiniões às pessoas e noticiem os factos e não aquilo que vocês gostavam que acontecesse. Se não agissem desse modo, facilmente teriam concluído que o português comum está a marimbar-se para o que diz Isabel Jonet (o mesmo já não se pode dizer do seu trabalho) ou para a visita de Angela Merkel ao nosso país. 
Nuno Gouveia