Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Nem o general Eanes

por A-24, em 22.06.14
Rui A.

António José Seguro está a levar um tratamento de moleque por parte dos barões socialistas e, sobretudo, do “Patriarca” Soares, que o querem tirar da chefia de um partido que consideram propriedade sua, como antigamente algumas donas de casa ponham na rua as ditas “empregadas de servir”, quando já não estavam para as aturar. Tendo Seguro já servido para o que lhes interessava – ter-se desgastado, durante três anos, a fazer de conta que chefiava o PS – é chegada a altura de porem lá quem eles acham que lá deve estar, mandando o rapaz de volta à terra, com a roupa que tem vestida no corpo e uns patacos no bolso para a camionete. Ora, se, no meio disto, Seguro se segurar com umas fintas estatutárias e a cacicagem do aparelho (pelo “carisma” pessoal não chega lá), e ganhar as “prévias”, o abalo no asilo socialista será coisa verdadeiramente sem precedentes. Com direito a rupturas, cisões, zangas e zaragatas, como convém a qualquer velha família que se preze. Nem o General Ramalho Eanes dos velhos tempos conseguiu com o PRD e o Engenheiro Martinho, coisa que se aproxime da que acontecerá se Seguro se mantiver no cargo.