Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Mais calmos, rapazes?

por A-24, em 27.05.14
João Vaz

E raparigas. Imagino a agitação que deve ter sido hoje, por essas redacções fora. O regresso do nassi-fassismo. Como é possível? Da França à Hungria, passando pela Dinamarca e Finlândia. Os mais eruditos terão até citado Bertolt Brecht, mas é pouco provável, que entre estes assalariados não existe grande erudição. Professores comentaram os resultados, por essas escolas fora. O choque foi geral. É uma Europa de malucos. A França está chocada, a Holanda está chocada, a Hungria está chocada. As pessoas são assim, votam e depois chocam-se. O que é que se há-de fazer? nem todos têm a capacidade de se tornarem virtuosos de esquerda, progressistas preocupados com o mundo, desde que esse mundo não inclua as vítimas erradas. E agora? talvez mudar as regras do jogo, alertar mais claro, exigir programas de anti-fassismo para as escolas, cortar o financiamento aos partidos de "extrema-direita", expulsá-los da Europa, se possível. E ficar com a consolação de que este voto foi de protesto. Não foi. É que, por esse continente fora há cada vez mais gente cansada de politicamente correcto, de mentiras, de ruas onde não se pode passar à hora da oração, de bairros interditos, de proibições. Animem-se os tudólogos nacionais, a vaga ainda cá não chegou e os progressistas têm uns sólidos 20%. Mas vai chegar, não duvidem disso.