Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Iceland

por A-24, em 20.04.10
Iceland, the land of the sagas, the Vikings and the world’s oldest still functioning Parliament is also one of the European Union’s closest partners. Most of Iceland’s economic and commercial relations with the EU are covered by the European Economic Area Agreement (EEA). It is in force since 1.1.1994 and extends the Internal Market legislation, with the exception of Agriculture and Fisheries, from the EU Member States to Norway, Iceland and Liechtenstein. Through the EEA Agreement, Iceland also participates, albeit with no voting rights, in a number of EU Agencies and programs, covering i.a. enterprise, environment, education and research programs. Iceland also, along with its EEA/EFTA partners, contributes financially to social and economic cohesion in the EU/EEA. Trade in fish products is governed by separate bilateral agreements. Iceland is an associate member of theSchengen agreement since 2000 which entails cooperation in the field of justice and home affairs. Iceland is also associated to the Dublin Convention.
Iceland has been a member of EFTA since 1970 and has a bilateral Free Trade Agreement with the EEC since 1972.
The Government of Iceland submitted its application for EU-Membership to the current Swedish Presidency of the Council of the EU in a letter dated on 16 July. At the Council meeting on 27 July, EU Foreign Affairs Ministers acknowledged Iceland's application for membership of the European Union and invited the Commission to submit an opinion on it.

A Islândia é o país com o sexto PIB per capita mais alto do mundo (23300€) ;

É o país onde as pessoas compram mais livros;

Onde a esperança de vida para os homens é a mais alta do mundo – e não muito abaixo da das mulheres;

É o único país da NATO sem forças armadas (foram banidas há 700 anos);

Tem o sistema bancário com a expansão mais rápida do mundo;

Os bancos islandeses estão presentes em 20 países;

A empresa deCODE é líder mundial na investigação biotecnológica do genoma;

As exportações são altíssimas;

O ar é cristalino;

A água quente chega a todos os lares islandeses, vinda directamente das profundesas vulcânicas;
Prioridade absoluta: criar crianças felizes e saudáveis;

Os divórcios são banais e a liberdade individual deve-se à distância da ilha que a isolou da autoridade dos missionários. É por isso um país livre dos tabus que geram tanta angustia noutros países;

Os vikings eram impetuosos saqueadores e violadores mas tinham a coerência moral de não terem ciúmes do comportamento das mulheres. Estas tomavam conta da aldeia durante as suas longas ausências e quando eles regressavam tinham filhos dos escravos que eram bem aceites dentro do espírito de quantos mais melhor;

63,7 em cada 100 nados vivos são fora do casamento;

As crianças pertencem à familia alargada, à aldeia – um conceito africano;

Vigdis Finnbogadottir, mãe soltera, foi a primeira mulher Presidente em todo o mundo, há 28 anos;

Não há gravidezes adolescentes não desejadas. Na Universidade de Reiquejavique é normal ver-se raparigas grávidas e até a amamentar na cantina. “Prolongam-se os estudos por um ano e o que é isso tem?”;

Quando uma criança faz anos não são só os vários pares de pais que vão à festa: são também os vários pares de avós e filas de tios e tias;

A educação oficial é de primeira classe, que tornam os estabelecimentos privados praticamente inexistentes. “Creio que há um, mas 99 por cento das crianças, sejam os pais canalizadores ou milionários recorrem ao sistema público”;

Os mil anos de ocupação do território sem electricidade e sem motores de combustão foram duros. Só os fortes e inventivos sobreviveram;

Praticamente todos os islandeses viveram alguns anos no estrangeiro e falam um inglês perfeito;
Souberam identificar o que há de melhor incorporá-lo na sua sociedade;

A Universidade de Reiquejavique terá dentro de dois anos um campus da era espacial e pretendem que seja um centro de educação global na área empresarial;

“Queremos importar cérebros, não exportá-los”;

A educação e a saúde é gratuita e de primeira classe. A medicina privada limita-se à cirurgia estética.

Em 1940, 85 por cento da energia da Islândia provinha do carvão e do petróleo. Hoje, 85 por cento provém da água quente vulcânica subterrânea;

O custo da energia é de dois terços da média europeia;

A tecnologia que permite o aproveitamento da energia geotérmica é exportada para países como a China, Indonésia, El Salvador e Djibuti;

Os escritores, pintores, cineastas, músicos (como Björk) são inúmeros;

A Ópera de Reiquejavique é composta exclusivamente por islandeses e toca ao mais alto nível em todo o mundo;

Por cá é mais é rotundas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.