Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Euro 2012: Portugal 0-0 Espanha (2-4 g.p)

por A-24, em 27.06.12

Grandes penalidades acabam com o sonho português

Por Rui Miguel Melo

Portugal caiu no Euro 2012. Mas caiu de pé e só no desempate por grandes penalidades é que a Seleção Nacional foi eliminada do Europeu. Fabregas apontou o «penalty» que qualificou a Espanha para a final do Euro 2012.
Na marca dos onze metros, Portugal não teve a fortuna que o acompanhou no Euro 2004 e no Mundial 2006. Após um teimoso 0-0 no final do prolongamento, Rui Patrício até defendeu a primeira grande penalidade, de Xabi Alonso, mas João Moutinho, de seguida, permitiu a defesa de Casillas.
Bruno Alves atirou à trave na quarta grande penalidade. Fabregas não falhou e qualificou a Espanha para a final do Euro 2012, onde aguarda a Alemanha ou a Itália. Cristiano Ronaldo nem chegou a intervir...
Portugal nunca foi inferior à Espanha. Soube sofrer, soube aguentar o ímpeto atacante espanhol e só faltou alguma felicidade para chegar à final. Não foi dos melhores jogos do Euro 2012. Longe disso. Uma primeira parte com duas equipas mais preocupadas em não cometer erros do que em arriscar. Resultado? Muitas faltas e poucas oportunidades de golo.
Paulo Bento apostou na pressão alta para impedir o futebol apoiado de uma Espanha que incluiu Negredo na equipa titular. Uma opção que ninguém compreendeu. A Seleção Nacional foi um bloco coeso a defender, mas raramente criou perigo. 
A toada do jogo manteve-se na segunda parte. As entradas de Jesus Navas, Fabregas e Pedro Rodríguez tornaram a Espanha mais perigosa e Portugal só conseguiu responder nos livres de Cristiano Ronaldo.
A melhor ocasião de golo surgiu no prolongamento, com Rui Patrício a negar o golo a Iniesta, Na segunda parte do tempo extra, o guarda-redes português voltou a negar o golo espanhol, desta vez a Jesus Navas.
A lotaria das grandes penalidades não saiu a Portugal. A Seleção Nacional está fora do Euro 2012, mas sai pela porta grande.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.