Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Duma russa considerou Estaline culpado de uma chacina com 70 anos

por A-24, em 26.11.11

Duma, câmara baixa do parlamento russo, condenou o antigo ditador José Estaline pela execução em massa de cerca de 22 mil polacos na floresta de Katin, durante a Segunda Guerra Mundial.
Os deputados russos consideraram agora que Estaline e outros altos quadros da antiga União Soviética ordenaram aquele crime em 1940.
Esta declaração formal da Duma, semanas antes de uma visita do Presidente Dmitri Medvedev à Polónia, foi bem recebida em Varsóvia, apesar de surgir 70 anos depois dos factos.
Num debate acalorado, os deputados comunistas ainda se opuseram à proposta, alguns deles procurando desmentir que as autoridades soviéticas tivessem tido qualquer culpa no que aconteceu então perto da fronteira da Rússia com a Bielorússia. Mas ao fim e ao cabo foram derrotados pela maioria.
Durante décadas, a propaganda soviética procurou apresentar a chacina como obra dos nazis, que ocuparam Katin depois de em 1941 terem invadido a União Soviética. Mas em 1990 veio a ser conhecida toda a verdade, nos últimos dias da URSS.
A Duma disse ontem esperar que este reconhecimento das culpas de José Estaline signifique “o início de uma nova época” nas relações entre russos e polacos, baseadas em “valores democráticos”.
Cerca de 8000 das vítimas de Katin eram oficiais que foram feitos prisioneiros durante a invasão da Polónia pelos soviéticos, em 1939. Os restantes eram médicos, professores, deputados, polícias e outros polacos detidos depois de serem acusados de trabalharem como secretos ou sabotadores.