Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

dos últimos dias

por A-24, em 30.04.13
Esquerda com 21,50%. O PS em pasokização caindo 8%…
Tiago Mota Saraiva

O congresso do Partido Socialista é um gigantesco exercício de cinismo político e de branqueamento da governação socialista. A tudo o que lá for prometido terá de se perguntar: por que não fizeram isso quando estiveram no Governo?
Lisboa Tel-Aviv

Se a ideia é ter um chefe de estado politicamente neutro, inibido de ter opiniões políticas, e que seja um puro símbolo de unidade nacional, porque constitucionalmente impedido de agir politicamente e de tomar decisões, então, a solução é evidente: um rei constitucional. Não há outro.
Rui A.

No blogue extremo-esquerdista que dá pelo nome patético de Arrastão há um bastardito chamado Sérgio Lavos que acha que o 25 de Abril está em perigo. O Serginho, ignorante, diz que em 1974 foi derrubado o poder fascista. Diz ainda que Cavaco Silva era "colaboracionista do Estado Novo", colaboracionista do fascismo, portanto. O Serginho, coitado, acha ainda que a direitinha actual que anda por aí é herdeira daquela da altura, da fascista, portanto, a que tinha ódio á mobilidade social e queria a manutenção do status e que só os ricos estudassem. O Serginho é assim. Quando escreve, fá-lo desassombradamente, sem temores. Não se sabe é se por fruto de um copinho a mais ou se é mesmo ignorância, coitado.
João Vaz

Sempre que o Presidente da República diz alguma coisa, a esquerda insurge-se contra ele em uníssono. Não é de hoje, já há algum tempo que PS, PCP e BE promovem o caldo de cultura para o surgimento de um candidato único da esquerda às eleições presidenciais de 2016. As críticas que permanentemente fazem a Cavaco Silva, mais não são do que a pré-campanha para essas eleições. Vai ser a mais longa pré-campanha eleitoral da História.
Lisboa-Tel Aviv