Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Depardieu recebeu cidadania russa por desempenhar papel de Rasputine

por A-24, em 16.01.13
Os comentários à decisão do Presidente Putin conceder a cidadania russa ao actor francês Gerard Depardieu estão a ser tão causticos e sarcásticos na Rússia que já obrigaram o Kremlin a vir justificar o acto de bondade do czar russo.
"Depardieu desempenhou papéis numa série de grandes projectos cinematográficos, é conhecido o seu papel de Rasputine, este filme ainda não foi mostrado nos nossos ecrãs, mas trata-se de uma abordagem muito ousada e nova desse papel", declarou Dmitri Peskov, porta-voz do Kremlin.

Como os russos, nomeadamente aqueles que estão ligados ao cinema, ainda não viram o "novo Rasputin", estão a reagir de forma bastante dura à decisão do czar, mesmo apoiantes seus de renome.
O conhecido realizador russo Stanislav Govorukhin, que dirigiu a campanha presidencial de Putin em 2012, comentou assim: "Mais um borrachão. Não gostode lamber as botas aos estrangeiros. Claro que se trata de uma vigarice. Ele não irá viver em Marina roshe [um dos bairros mais comuns de Moscovo]. Tenho nojo quando falo da vida de Depardieu".
Outro conhecido realizador de cinema, Vladimir Menshov, que recebeu um Oscar pelo filme "Moscovo não acredita em lágrimas", foi um pouco mais suave: Compreendo que se trata de um subterfúgio fiscal. Mas teremos de ficar felizes por ele passar a pagar agora os impostos na Rússia? Isso ainda não significa que seja patriota".
Mas há quem defenda a decisão. Dmitri Rogozin, conhecido nacionalista que ocupa o cargo de vice-primeiro-ministro, profetizou: "No Ocidente, conhecem mal as particularidades do nosso sistema fiscal. Quando a conhecerem, teremos de esperar a emigração em massa de europeus ricos para a Rússia".
Na Rússia, existe uma taxa única de impostos para todos: 13%.
P.S. Este vosso humilde servo desempenhou dois papéis numa telenovela de 14 episódios russa "KGB de smoking": chefe da polícia criminal de Buenos Aires e rabino de uma sinagoga em Israel. Será que devo aproveitar desse facto para pedir a cidadania russa?
Da Russia

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.