Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Cristiano Ronaldo recebe a sua segunda Bota de Ouro

por A-24, em 02.11.11
O futebolista do Real Madrid Cristiano Ronaldo recebe sexta-feira a sua segunda "Bota de Ouro", juntando-se aos compatriotas Eusébio da Silva Ferreira e Fernando Gomes, depois de ter chegado a "impensáveis" 40 golos em 2010/2011.
Três anos após ter conquistado o troféu de "rei" dos goleadores dos campeonatos europeus ao serviço do Manchester United, com 31 tentos, o internacional luso fez ainda melhor, batendo os melhores registos da história da Liga espanhola, iniciada em 1928/29.
Com o pé direito, o esquerdo ou de cabeça, de livre direto, penalti ou bola corrida, o número 7 dos "merengues" foi o pior pesadelo dos guarda-redes, como demonstra a média de mais do que um tento por jogo.
Cristiano Ronaldo até ficou em "branco" em 16 jornadas, mas, nas restantes 18 em que participou, contabilizou dois "pokers", quatro "hat-tricks", oito "bis" e ainda um tento em outros quatro embates.
Os seus números encheriam de orgulho o melhor dos pontas-de-lança, pelo que faltam palavras para classificar Cristiano Ronaldo, que, muitas vezes, joga como extremo e não é o jogador mais avançado da equipa.
Com tão imenso aproveitamento, Cristiano Ronaldo justifica a cada jogo o porquê dos 94 milhões de euros que o Real Madrid pagou ao Manchester United, transformando o português no mais caro jogador da história.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.