Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

"Colados à casa e aos bancos de Jardim"

por A-24, em 31.05.12
O Económico divulga hoje uma notícia preocupante sobre o decréscimo de utilização de comboios e de metropolitano pelos portugueses.
Traduzindo as percentagens, ficamos a saber que no primeiro trimestre de 2012, quando comparado com o de 2011, houve menos 3 milhões de passageiros que recorreram ao transporte ferroviário e 4,3 ao metro, em Lisboa e no Porto.
Como é de crer que apenas uma percentagem relativamente baixa tenha passado a utilizar o automóvel (também decresceu o seu uso, e muito, segundo outras estatísticas), só se pode concluir que a razão está na conjugação de aumento de preços dos transportes, diminuição geral do poder de compra e desemprego a crescer em flecha.
Ou seja: para além de muitos portugueses terem deixado de se deslocar para trabalhar, vão certamente menos às suas terras, não passeiam pelas cidades com os filhos durante os fins-de-semana, têm mais pais e avós reformados colados à casa, aos bancos dos jardins, quando muito ao bairro.
Não estamos a falar de peanuts: num país com menos de 11 milhões de habitantes, os números acima indicados são assustadores. Só daqui a algum tempo seremos capazes de avaliar as consequências sociais e psicológicas que decorrem de tudo isto. E não serão boas.

por Joana Lopes in Entre as brumas da memória

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.