Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A-24

Britânica condenada a pena de morte por fuzilamento

por A-24, em 24.01.13

"Uma britânica de 56 anos foi condenada a pena de morte a tiro por traficar cocaína para o Bali, na Indonésia.
Lindsay Sandiford foi detida em maio depois de uma leitura de raio-x ter detetado, na sua mala, 4,8 quilogramas de cocaína na sua mala.
A mulher explicou em tribunal que foi forçada a fazer de correio de droga depois de um gangue a ter ameaçado de que faria mal à sua família.
A acusação indonésia pedia 15 anos de prisão para Lindsay, mas o tribunal sentenciou-a a pena de morte, por fuzilamento.
Um porta-voz do Governo britânico confirmou a pena, citado pelo jornal The Sun: «Podemos confirmar que uma cidadã britânica foi condenada a pena de morte na Indonésia. O Reino Unido opõe-se à pena de morte em quaisquer circunstâncias.»
O coletivo de juízes liderado por Amser Simanjuntak concluiu que a imagem do Bali está em causa e que o caso prejudicou o turismo na região e o programa governamental no combate ao tráfico de droga.
O valor estimado da droga apreendida é de 1,9 milhões de euros." A Bola

N.P, Na Europa, e sobretudo quando se tratam de não-europeus a serem criminalizados por alguma coisa, aparecem logo os antifas do costume a pregar clemência, tolerância, liberdade, até piedade, algo caricato no mínimo por vir de uma franja social que pouca ou nenhuma fé tem. Já sobre o resto do mundo estes antifas nunca abrem a boca. Não interessa e sobretudo não vende! 
É este o destino do europeu fora do seu continente, doravante, porque a Europa tem a obrigação de ser tolerante e piedosa, já o resto do mundo parece que não.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.