Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

Académica volta a conquistar a Taça 73 anos depois

por A-24, em 20.05.12
Setenta e três anos depois, a Académica de Coimbra voltou a vencer a Taça de Portugal, depois de ter batido o Sporting na final por 1-0. Foi o segundo triunfo dos academistas nesta competição em cinco finais.
O único golo da partida surgiu logo aos 4’ de jogo. Uma jogada confusa na área do Sporting, Adrien ganha a bola a Polga e mete-a em Marinho, que, liberto de marcação, bate Rui Patrício.
O Sporting levou tempo a reagir e pouco fez para merecer o empate, enquanto a Académica se mantinha segura e tranquila na defesa, sem descurar o ataque.
Na segunda parte, a Académica voltou a entrar bem com Edinho a ter duas excelentes oportunidades de elevar a contagem. Primeiro, em contra-ataque, permitiu a defesa de Rui Patrício e, depois, sozinho na pequena área, atrapalha-se com a bola e nem chega a rematar.
Longe de fazer um jogo brilhante, o Sporting também teve as suas oportunidades, as mais claras falhadas por Ricky van Wolfswinkel. Aos 56’, o holandês surge na cara de Ricardo mas não consegue ultrapassar o guardião academista e, aos 62’, cabeceia por cima após excelente cruzamento de Carrillo.
Mas o resultado não se alterou e Pedro Emanuel, depois de ter conseguido a manutenção na primeira liga à última jornada, conseguiu conduzir a Académica ao triunfo nesta sua época de estreia como treinador principal.
A única Taça de Portugal da Académica até este domingo havia sido ganha na edição de estreia da prova em 1939, numa final contra o Benfica.