Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A-24

A revolução americana foi um erro

por A-24, em 13.07.13
Instituto Ludwig Von Mises

Sem considerar a tributação local, que era de total responsabilidade das colônias, a carga tributária total imposta pelo Império Britânico sobre a América do Norte era de aproximadamente 1% da renda nacional. Nas colônias do sul do país, o total pode ter chegado a, no máximo, 2,5%. 
O que os libertários -- e até mesmo os conservadores -- dariam hoje para poder retornar a um arranjo em que o governo central se apropriasse de apenas 1% da riqueza da nação? Um arranjo em que não havia imposto de renda? Será que eles descreveriam tal sociedade como 'tirânica'?
O fato de que a maior assinatura da Declaração da Independência foi assinada pelo mais rico contrabandista da América do Norte, John Hancock, não foi nenhuma coincidência. Ele estava muito furioso. Em 1773, o Parlamento britânico havia reduzido o imposto sobre o chá que era importado pela Companhia Britânica das Índias Orientais, o que fez com que o custo do chá britânico se tornasse menor do que o custo do chá não-britânico trazido para os EUA pelo contrabandista. Isso havia custado muito dinheiro a Hancock. O evento do Tea Party impediu que um navio britânico descarregasse uma carga de chá nos EUA. Tal evento nada mais foi do que uma pilhagem a um navio privado para destruir sua carga privada, arremessando-a ao mar. O navio britânico espoliado era um navio que estava fazendo concorrência aos navios de Hancock. O evento do Tea Party ocorrido em Boston foi, na realidade, um protesto muito bem organizado contra os preços baixos resultantes de uma redução de impostos.